Papo com especialista

PAPO COM ESPECIALISTA – EMAGRECIMENTO E BEM ESTAR

Quem nunca começou o ano novo com a promessa de perder uns quilinhos extras ou de se alimentar de uma forma mais saudável? Quem nunca se olhou no espelho e desejou ter uma barriga mais lisinha, músculos mais definidos e um corpo mais delineado? Seja pela aparência ou pela saúde, emagrecer nunca é uma tarefa fácil, mas é possível. No post de hoje você poderá acompanhar um bate-papo com uma nutricionista que nos dará várias informações sobre emagrecimento, alimentação saudável e bem estar.

Na foto vemos uma fita métrica rosa.
(Créditos da imagem: Canto da Isa)

Encarar a balança e começar um processo de emagrecimento não é uma tarefa fácil. Comer é uma das coisas mais prazerosas que fazemos no nosso dia-a-dia. Mas a forma como nos alimentamos pode impactar diretamente na nossa saúde, na nossa disposição e no nosso bem-estar. Isso sem falar da nossa autoestima.

Porém, para começarmos esse processo sem que desistamos no meio do caminho, é imprescindível procurarmos ajuda de profissionais que nos auxiliem a manter uma dieta equilibrada e saudável para o nosso biotipo. Por isso, sempre que você iniciar uma dieta, procure um médico, faça os exames necessários e acompanhe com uma nutricionista. Começar com o pé direito faz toda a diferença para ter um corpo bonito e saudável.

Depois desse feriadão de Carnaval, nada como voltar a pensar na nossa saúde, né!

Por isso, hoje o nosso Papo com Especialista será com a nutricionista Aline Barreiros*, que nos trará um monte de informações importantes para que tenhamos sucesso na nossa reeducação alimentar. Vem comigo!

Canto da Isa: Qual é, na sua opinião, a maior dificuldade que as pessoas enfrentam atualmente para terem uma alimentação mais saudável?
Aline: A falta de organização e planejamento. Com a correria do dia a dia, a alimentação acaba não sendo prioridade, e fica muito mais fácil e prático recorrer aos alimentos ultra processados, lanches e comida por telefone, como pizza. No entanto, a alimentação saudável pode e deve ser prática e fácil, e você não tem que perder horas na cozinha. Mas para isso é necessário que sua saúde e sua alimentação se tornem prioridade.

Canto da Isa: Estar acima do peso tem sido a realidade de muitas pessoas no Brasil e no mundo. Quais são os primeiros passos para uma pessoa que queira fazer uma reeducação alimentar?
Aline: O mais importante é entender sua real motivação para o emagrecimento, pois para qualquer processo de mudança e criação de novos hábitos é necessário foco, determinação e renúncias. Se a motivação da pessoa não for forte é comum que no meio do processo haja desânimo e desistência. Alcançar o objetivo de emagrecimento, qualidade de vida e uma melhor alimentação é possível, mas é necessário querer. Visto isso, é importante que a pessoa tenha em mente que ela irá precisar se organizar ao longo da semana para fazer melhores escolhas alimentares e praticar uma atividade física. Por mais tentadora que seja a ideia de dietas milagrosas e atitudes únicas que levam você ao tão sonhado objetivo, a verdade é que milagres na alimentação não existem, e sim um conjunto de atitudes que você deverá tomar.

Canto da Isa: Escutamos falar muito sobre alimentos sem glúten hoje em dia. Esse tipo de dieta é aconselhada para todas as pessoas?
Aline: Uma alimentação livre de glúten só é aconselhada para pessoas que apresentam alergia a esta proteína ou algum grau de intolerância. Não é uma necessidade para buscar saúde e emagrecimento. Contudo, o grande problema é que culturalmente consumimos muitos alimentos que contém glúten, dessa forma sobrecarregamos o nosso organismo e, consequentemente, muitas pessoas passam a apresentar diferentes graus de sensibilidade ao mesmo.

Canto da Isa: Muitas das pessoas que estão acima do peso já fizeram dietas malucas e restritivas. Você poderia falar um pouco das consequências desse tipo de dieta? O efeito sanfona é verdadeiro?
Aline: Dietas restritivas só funcionam momentaneamente, mas o custo por trás delas é alto. Além do custo físico, como o famoso efeito sanfona (que é real), existe uma maior probabilidade de inflamação no nosso organismo, fazendo com que o mesmo acumule mais gordura do que queime e uma deficiência de nutrientes essenciais, trazendo prejuízos a curto e longo prazos. Além disso, através das dietas restritivas, uma má relação entre a pessoa e a comida é formada, gerando ansiedade, compulsão alimentar, pensamentos constantes sobre comida e calorias, o que se torna desgastante e sofrido, além de, nos piores casos, ser o gatilho para transtornos alimentares.

Canto da Isa: Vemos muitas fotos nas redes sociais dos chamados sucos detox. Eles são realmente saudáveis?
Aline: Os sucos detox são ótimos sucos, ricos em vitaminas, minerais e fibras, além de compostos bioativos que realmente estimulam a desintoxicação. Contudo, não são milagrosos e isoladamente são apenas sucos.

Canto da Isa: Também ouvimos falar muito sobre as dietas low carb. Elas são saudáveis? Existe alguma contra-indicação?
Aline: A dieta low carb nada mais é do que uma dieta com redução de carboidratos. No caso das dietas low carb, deve-se consumir no máximo 30% de carboidratos dentre as necessidades diárias de macronutriente (a recomendação padrão é entre 50-65% das necessidades diárias), ou seja, não é zero carboidratos como vemos em muitas redes sociais e blogs. Esta redução muitas vezes é benéfica, trazendo benefícios estéticos, de saúde e bem-estar. Porém, é uma conduta que deve ser avaliada individualmente e caso a caso, pois não é indicada para todos. Atletas, pacientes em tratamento oncológico, pessoas extremamente ansiosas, com transtorno alimentar ou compulsão alimentar, pacientes diabéticos descompensados, são alguns exemplos de indivíduos que não se enquadram na conduta low carb.

Canto da Isa: Por que é tão difícil perder peso conforme envelhecemos? Existem idades críticas nas quais a perda de peso é mais difícil ou isso é mito?
Aline: Quando pensamos em envelhecimento e dificuldades em emagrecer pensamos na terceira idade, não é mesmo? Contudo, a diminuição do nosso metabolismo ocorre por volta dos 40 anos, e para a mulher isso se agrava devido às oscilações hormonais da menopausa e ao uso de anticoncepcionais ao longo da idade fértil. Além do fator metabólico, existe uma questão que poucos de nós pensamos, que é a somatória do que fazemos ao longo da vida. Se levamos uma vida sedentária, consumimos alimentos ricos em gordura, açúcar e aditivos químicos, inflamamos o nosso organismo e o intoxicamos ao longo dos anos, e quando chegamos por volta dos 40/50 anos de idade passamos a apresentar problemas de saúde e sobrepeso.
É necessário que se entenda que quando estamos falando de saúde é algo construído a longo prazo, desde a infância. Raramente as doenças são imediatistas, normalmente são desenvolvidas a longo prazo e repercutem na vida adulta, por isso, plante hoje para colher amanhã.

Canto da Isa: Quais alimentos podem melhorar os efeitos da menopausa?
Aline: Durante a menopausa, devido à queda na taxa de produção hormonal de progesterona e estrógeno, os sintomas mais comuns são: alteração no hábito intestinal, irritabilidade, ondas de calor, diminuição da concentração e memória, dores de cabeça, fadiga e sono. Alguns alimentos auxiliam especificamente nestes sintomas. As oleoginosas e o inhame contribuem para a diminuição dos calores; as verduras verdes escuras, os cereais integrais (como aveia), o cacau e banana contribuem para uma melhor disposição e sensação de bem-estar, diminuindo a irritabilidade e a ansiedade; a sardinha, chia e linhaça são fontes de ômega 3 e são excelentes para aumentar a concentração e a memória; verduras, legumes e frutas de maneira geral são ricos em antioxidantes, fundamentais para esta fase. O uso de probióticos também é indicado. Evitar alimentos ultra processados, ricos em gorduras e açúcar, contribui para que as mulheres passem melhor por este período.

Canto da Isa: Você poderia citar alguns exemplos de mitos sobre alimentação saudável que todo mundo acredita, mas não funciona?
Aline: Alguns mitos são que alimentação saudável é cara, com alimentos importados e incomuns, sem graça e sem sabor, tudo grelhado e sem sal, trabalhosa, que demanda muito tempo na cozinha e sem alimentos gostosos… Brigadeiro? Nunca mais!
Mas não é nada disso! As pessoas confundem alimentação saudável com dieta restritiva. Reeducação alimentar é um processo no qual você transforma os seus hábitos e estilo de vida, sem restrições, sem culpa e condutas malucas. Já a dieta restritiva é a dieta do milagre, do agora e do sofrimento.

Canto da Isa: Vemos muitas pessoas se tornando veganas e vegetarianas hoje em dia. Essas pessoas devem ter algum cuidado especial? O que é necessário fazer para se tornar vegetariano ou vegano com saúde?
Aline: Hoje em dia está bem claro que é possível viver com saúde e qualidade de vida dentro de uma alimentação sem produtos animais de nenhuma espécie. Contudo, para que haja uma transição adequada, é necessário um acompanhamento nutricional para que exista um acompanhamento de exames bioquímicos e ajustes na alimentação, quando necessário. Como há a exclusão de proteínas de origem animal e diminuição da ingestão de alimentos fontes de vitamina B12 e ferro, por exemplo, é necessário que haja uma orientação referente aos tipos de alimentos a serem consumidos e suas quantidades, para suprir essas necessidades. Além disso, é importante salientar que alimentação vegetariana e vegana tem como base alimentar legumes e verduras e não carboidratos, como é muito comum acontecer em transição sem acompanhamento de um profissional, havendo um desequilíbrio entre a ingestão energética e de nutrientes, podendo levar a deficiências nutricionais, ganho de peso, alteração no colesterol e glicemia, por exemplo.

*Aline Barreiros é nutricionista formada pela UNIFESP, especialista em oncologia pelo Hospital Sírio Libanês e pós-graduada em Nutrição e Alimentação Funcional pela FAMESP. Seu missão é transformar vidas através dos alimentos. Contatos: aline.coutomoraes@gmail.com / Whatsapp: (13)99739-4244. Você também pode seguí-la pelas redes sociais: @nutricionistaalinebarreiros